Um casal em uma reunião de negócios

Nossas Soluções

Renda Fixa

É o investimento realizado diretamente em Títulos Públicos e/ou Créditos Privados, em troca de uma remuneração por um determinado prazo, na forma de juros e/ou correção monetária, podendo receber, ainda, parcelas chamadas amortizações.

 

Esse investimento permite ao investidor escolher entre uma variedade de produtos, com taxas competitivas e previsibilidade dos ganhos. Alguns produtos possuem isenção de imposto de renda e cobertura pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

 

 

LCA (Letra de Credito Agrícola)

Fundo Garantidor de até R$ 250.000,00 por CPF, por emissor

LCI (Letra de Credito Imobiliário)

Fundo Garantidor de até R$ 250.000,00 por CPF, por emissor

CRI (Certificado de Recebível Imobiliário)

CDB (Certificado de Depósito Bancário)

Fundo Garantidor de até R$ 250.000,00 por CPF, por emissor

TÍTULOS PÚBLICOS

CRA (Certificado de Recebível do Agronegócio)

DEBENTURES

LC (Letra de Câmbio)

Fundo Garantidor de até R$ 250.000,00 por CPF, por emissor

fgc.png

Fundo de Investimentos

Tipo de aplicação financeira que reúne recursos de um conjunto de investidores (cotistas), permitindo assim investir em variados ativos, em diferentes mercados.

 

Uma carteira de fundos de investimentos pode englobar Títulos de Renda Fixa, Títulos Públicos, Títulos Cambiais, Derivativos, Ações, entre outros.

 

A administração e a gestão do Fundo são realizadas por profissionais capacitados (gestores), sendo o Fundo de Investimento regido por um regulamento.

 

Vantagens:

 

DIVERSIFICAÇÃO: Uma carteira diversificada de ativos a um valor acessível

 

GESTÃO ESPECIALIZADA: Condições para uma tomada de decisão mais assertiva.

 

LIQUIDEZ: O cotista pode resgatar suas cotas com certa rapidez.

 

PRATICIDADE: O cotista não precisa acompanhar a liquidez dos ativos que compõem o Fundo de Investimento.

 

REDUÇÃO DO CUSTO DE CORRETAGEM: Os custos de corretagem são divididos entre todos os cotistas.

Planos para o futuro?

Tipo de aplicação financeira que provê um plano complementar para o investidor, ajudando na construção do patrimônio. O investidor terá o seu dinheiro investido em Fundos de Investimento especialmente constituídos para este fim e poderá resgatar o saldo ou transformá-lo em uma renda de aposentadoria.

 

Vantagens:

 

SEGURANÇA E REDUÇÃO DO IR: O tempo pode trabalhar por seu patrimônio e sua família. Aproveite a tributação especial para aplicações de longo prazo e saiba como deduzir em até 12% a base de cálculo de seu imposto de renda.

INDEPENDÊNCIA: Seja financeiramente independente após aposentar-se.

SEGURANÇA: Fundos que seguem as diretrizes de investimento do CMN e supervisionados pela SUSEP.

TRIBUTAÇÃO MÍNIMA: Possibilidade de alíquota de apenas 10%, dedução de 12% da base de cálculo do IR e isenção do imposto come-cotas.

SUCESSÃO FAMILIAR: Não entra no inventário e dá fôlego financeiro rápido à família.

Ações

Investindo em ações, você tem a possibilidade de ser sócio de algumas empresas, além de poder ganhar com o crescimento e a distribuição de lucros. Também chamados de "papéis” são a menor unidade do capital social de uma empresa.

 

Quando as ações são emitidas por companhias abertas ou assemelhadas, são negociados em bolsa de valores ou no mercado de balcão.

 

Vantagens:

 

FUNDOS DE AÇÕES: Gestores especializados.

 

CARTEIRAS RECOMENDADAS: As carteiras recomendadas especialmente selecionados pela XP.

 

ASSESSORIA EXCLUSIVA: Opere com a ajuda de um assessor de investimento exclusivo.

 

RELATÓRIOS DE OPORTUNIDADES: Recomendações dos analistas XP.

 

Tipos de Ações:

 

AÇÕES: Uma fração do capital social de uma empresa que é negociada no mercado.

Brazilian Depositary Receipts – BDRs: São certificados de depósito, emitidos e negociados no Brasil, com lastro em valores mobiliários de emissão de companhias estrangeiras.

ALUGUEL (BTC): O empréstimo de Ações consiste em emprestar ativos (aluguel na ponta doadora) a uma taxa prefixada (fixada no fechamento da operação, considerando o valor pro rata) para um determinado vencimento.

CLUBE DE INVESTIMENTO: Trata-se de uma aplicação financeira criada por um grupo de pessoas que desejam investir seu dinheiro em ações das empresas.

ETFs: São uma família de Fundos de Índice (Fundos de Investimento em Índice de Mercado) - (Exchange Traded Funds).

OFERTA PÚBLICA: A Oferta Pública, também conhecida como IPO, ocorre quando uma empresa decide fazer a abertura de seu capital por diversos motivos, como captar recursos financeiros para financiar novos investimentos da companhia.

OPÇÕES: Nessa operação, o comprador adquire o direito de comprar (opção de compra ou call) ou de vender (opção de venda ou put) uma quantidade específica de um determinado bem ou instrumento financeiro a um preço fixado (preço de exercício).

TERMOS: Como comprador ou vendedor do contrato a termo, você se compromete a comprar ou vender certa quantidade de um bem (mercadoria ou ativo financeiro) por um preço fixado ainda na data de realização do negócio.

Operações Estruturadas (COE)

O COE – Certificado de Operações Estruturadas – é um tipo de investimento que combina elementos de Renda Fixa e Renda Variável, com retornos atrelados a ativos e índices, como câmbio, inflação, ações e ativos internacionais. É a versão brasileira das Notas Estruturadas, muito populares na Europa e nos Estados Unidos.

Ao criar o COE, o emissor estrutura pacotes de cenários para o desempenho de um ativo ou indexador, que pode ser tanto nacional como internacional e é sempre emitido por um banco e registrado na Cetip.

 

Vantagens:

 

INTERNACIONALIZAÇÃO: Sem a necessidade de enviar recursos ao exterior.

 

FLEXIBILIDADE: Possibilidade de customização por parte do investidor, respeitando os requisitos mínimos exigidos pelo emissor.

 

VALORES COMPETITIVOS: Tributação única e custos mais baixos se comparados a investir nos ativos/derivativos separadamente.

 

 

FÁCIL ACOMPANHAMENTO: O desempenho aparece como um único ativo na conta do investidor.

IMPORTANTE:

O COE é um produto com risco de crédito do emissor e não conta com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito – FGC, por isso, é importante que ele seja selecionado de acordo com o perfil de cada investidor. Apenas investidores com o perfil de investidor adequado a este produto poderão realizar aplicação.

Fundo Imobiliário

Os Fundos de Investimento Imobiliário permitem aos cotistas aplicar recursos, seja no desenvolvimento de empreendimentos imobiliários ou em imóveis prontos, como edifícios comerciais, shopping centers e hospitais.

 

Vantagens:

 

DIVERSIFICAÇÃO: Alguns fundos trazem diferentes tipos de imóveis (uma universidade e um shopping, por exemplo).

 

VENDA DE COTAS NO MERCADO FINANCEIRO: Diferente de um imóvel, o fundo permite negociar as cotas em Bolsa.

 

POSSIBILIDADE DE VALORIZAÇÃO DAS COTAS: Vários imóveis se valorizam ao longo do tempo. Você poderá lucrar caso queira vender suas cotas.

 

ISENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA E IOF*: Rendimentos mensais para pessoas físicas, que tenham menos de 10% de cotas de fundos imobiliários cujas cotas sejam negociadas em Bolsa de Valores e que tenham mais de 50 cotistas.

GESTÃO ATIVA: O investidor não precisa se preocupar com a depreciação. A gestão ativa permite que o administrador venda empreendimentos que considera menos valorizados.